Passo 7: Cobrança Direta

📘

O que você irá aprender com esse artigo?

  • Cobrança Direta
  • Outros casos de uso da Cobrança Direta

Cobrança direta

A API de Cobrança direta é utilizada para realizar cobranças simples no cartão de crédito ou boleto. No caso de pagamento por cartão de crédito, pode ser informado o id da forma de pagamento (cartão salvo) ou o token do cartão (cartão não salvo e token único) e esse pagamento é realizado na hora (salvo exceção de cobrança em duas etapas).

Para boleto, deve ser informado o campo method e o restrict_payment_method como " bank_slip”. Além disso, o prazo de vencimento, em número de dias, pode ser alterado no campo bank_slip_extra_days. Nessa chamada é retornado o PDF do boleto no parâmetro “pdf”.

Veja aqui um exemplo de cobrança direta no cartão e aqui no boleto.

A Cobrança Direta é muito utilizada no caso de checkout transparente, porque permite o pagamento por cartão salvo, sem que o cliente tenha que ficar acessando a fatura para informar os dados do cartão novamente. Veja mais detalhes sobre checkout transparente aqui. Para mais, essa chamada possui uma configuração simples, sem definição de data de vencimento ou aplicação de split, assim como na fatura. Veja aqui mais informações sobre a diferença entre fatura e cobrança direta.

Outros casos de uso da Cobrança Direta

Além de efetuar uma cobrança simples, com poucas configurações, a cobrança direta pode ser utilizada em mais dois outros cenários:

  • Cobrança de uma fatura: quando é criada uma fatura anteriormente (para configurar split, por exemplo) e em seguida é feita a requisição de cobrança direta para autorização no cartão de crédito.

  • Cobrança em duas etapas: a chamada de cobrança direta é usada para criar uma reserva no cartão do cliente para alguma necessidade interna e depois, podendo ser feita a captura do valor. Veja mais detalhes sobre esse fluxo aqui.


Did this page help you?